Tokio Hotel +

És fã de Tokio Hotel ?! Então estás no sitio certo, entra e diverte-te!
 
InícioInício  PortalPortal  GaleriaGaleria  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Falsa Melodia; Capitulo I

Ir em baixo 
AutorMensagem
Sweet@ngel
Admin
avatar

Feminino Número de Mensagens : 116
Idade : 24
Localização : Lisboa
Emprego/lazer : Averiguadora do body do meu nino; Tom Kaulitz ;)
Humor : Depende dos dias =X
THperfect : Tom Kaulitz
Data de inscrição : 22/03/2009

MensagemAssunto: Falsa Melodia; Capitulo I   Sex Abr 03, 2009 10:20 pm


Muito bem, resolvi postar aqui a minha fanfic, não está grande coisa, mas espero que gostem.
Enfim, comentem, por favor, mesmo que seja para dizer mal; também podem sugerir algo^^

Bjinhos, meus amores. Adoro-vos <3


Falsa Melodia


Capitulo I



Eram altas horas da noite, meu corpo permanecia ali sentado, naquela areia mórbida e molhada, os meus olhos direccionados para o mar, para o horizonte. Minha respiração a vibrar, tinha vontade de chorar, mas era incapaz de fazê-lo, não queria ser superior àquilo tudo o que houvera passado. Era demasiado orgulhosa para chorar por alguém que simplesmente me desprezou, rejeitando-me da pior maneira; traindo-me. Apesar de todo o meu corpo representar firmeza e coragem para enfrentar aquilo tudo de forma culta, o meu coração espremia-se, sem repirar, deixando de libertar as purezas de que necessitava naquele momento; sentimentos bons. O mar parecia clamar o meu nome, as ondas no seu percurso de vinda e volta fazia-me seguir um caminho desde a areia até ao seu humido lençol agitado que me puxava para o mais profundo e extremo mar, que com todo o seu brilho nocturno, inspirava-me confiança e agora mostrava-me a meta para o fim daquilo que não devia ter começado. Quando, finalmente, me preparava para me entregar aquela imensidão escura que parecia inudar-me cada vez mais, sinto alguém a puxar-me com força.

Simplesmente fechei os olhos e precipitei-me a chorar, o meu orgulho era demasiado ássido para que confessasse o porquê de todas aquelas lágrimas, mas não era suficientemente forte para se tornar algo superior àquilo que estava a sentir.

A pessoa que, gentilmente, me salvou de uma trágica morte, abraçava-me e com clareza via-se que se preocupava comigo. A escuridão da noite não me deixara ver seu rosto, mas o brilho dos seus olhos cativavam-me e consumiam-me a atenção, fazendo as terríveis lágrimas salgadas pararem de percorrer o meu pálido e delicado rosto.

- Seja o que for, não te deixes levar! - Sussurrou no meu delicado ouvido fazendo-me sentir curiosa por si, mas não deu hipotese que lhe respondesse, apenas deu-me um beijo na testa e se foi embora, sem dizer o seu nome, sem dizer “adeus”.

As suas doces e poucas palavras penetraram, radiosamente, na minha mente, deixando um pequeno, mas sonoro, ponte de interrogação...Quem será o galardiador daquela voz tão bonita e firme? Não sei e é o meu não saber que neste momento me apavora de uma maneira incrivelmente histérica, consumindo-me a capacidade e aquilo que me destabilizava a mente completamente, a traição pela qual vivi naquele noite. Apesar da minha vontade guerrear com a minha capacidade, eu me leventei daquela areia e segui rumo, fui abrigar-me na casa daquela que ao meu lado permanece desde o 5º ano. Somos as melhores amigas, inseparáveis. O seu nome é Kathrin. É simplesmente linda! Veste-se bem à moda, tem olhos claros e um sorriso que qualquer pessoa desejaria ter. Não pensei duas vezes em ir para sua casa, estava demasiado triste para ouvir sermões da minha mãe, que apesar de tudo nunca fora com a cara do meu namorado, só agora percebo a sua antipatia por esse ser designado por pessoa, pois para mim ele é um animal.

- Sarah, que fazes neste frio e despida? - Ela era uma exagero em pessoa. Bem, para uma noite daquelas, fria e escura, eu estava de facto nua.

- Posso ficar aqui, Trina? - Disse tendo em conta um grande e valente sim como resposta.

- Claro, mas que raio se passa ai dentro dessa cabecinha capaz de dúvidar que eu não te iria abrigar cá em casa?! - Perguntava ela puxando-me para o seu quarto. - Pode me explicar detalhadamente o que se está a passar?

- Ele traiu-me, amiga...Aquele ordinário. Não foi capaz de me cuspir na cara que já não me queria, simplesmente se meteu na cama com outra, rejeitando-me da pior forma!

- Eu não acredito que aquele imbecíl foi capaz de fazer isso contigo! - Exclamou ela indignada. De seguida deu-me um pijama quentinho – Veste, agasalha-te. Eu vou buscar um chá pra ti, precisas de algo que te acalma a cebeça e esse nervos precisam de calor.

- Ok, amiga. - Ela saiu do quarto e eu me vesti. Sentei-me na cama e o meu pensamento se centralizou novamente naquele caos que a minha noite se tinha tornado, mas logo esses pensamentos foram dispersados pela voz doce e firme que se mentivera gravada nos meus ouvidos, aquela voz indentificável.

- Sarah, toma o chá... - Interrompeu-me as lembranças da voz que tanto me interrogou a mente. - Depois de beberes, deita-te na minha cama, eu vou dormir na sala de estar.

- Não, eu dormo lá. Não quero incomodar-te. - Disse decidida depois da afirmação de Trina.

- Nem pensar e tu não incomodas. Vá, bebe e depois descansa. - Beijou-me a testa. - Até amanhã, minha linda!

- Até amanhã e mais uma vez obrigada, Trina! Sem ti não era nada! - Exclamei dando-lhe um beijinho no rosto. Ela saiu da quarto e eu bebi o chá.

Enquanto saboriava o sabor daquele chá que lentamente me acalmava e sentia o calor traspassar-me a garganta, deixando-me aquecida, dirigia-me para a janela do quarto da minha melhor amiga e observara com atenção a lua que no céu parecia uma gigante pérola na qual era impossível tocarmos, mas sim desabafarmos e com ela viver uma vida compartilhada. O seu brilho assemelhava-se ao brilho radiante do olhar daquele ser que me salvara, daquele olhar nunca me esquecerei, a sua voz permanece em mim.

»»»

Me defino como herói neste exacto momento, mas ao mesmo tempo sortudo, nunca sentira pele mais macia e fogosa, nunca vira uma olhar tão puro, apesar da devasta tristeza carregada ali, lágrimas sofridas mas que vinham do coração, de duas uma: ou estou completamente maluco ou aquela rapariga despertou em mim algo diferente; seja o que for nunca mais terei a oportunidade de a ver, por isso só devo lamentar pela tristeza que ela sente a ponto de arriscar a sua própria vida e esquecer que algum dia aquele olhar humido por lágrimas pedindo ajuda foi um dia direccionado a mim.

-Tom, em que andas a pensar? Desde que vieste da praia estás com esse ar sentimental? Estás muito estranho, nunca mantens em ti este ar pensador... - Perguntava e afirmava Bill arrumando o seu mp3 na mobilia ao lado do sofá próximo à janela da sala de estar.

-Nada...Tu é que és estranho e depois vens julgar-me. Vou dormir, o sono já anda aqui a sondar-me e tu com essas conversa estúpidas estás a motivar-me fazê-lo, portanto, boa noite! - Disse Tom dirigindo-se para o seu quarto deixando Bill sem perceber bem o porquê de toda a sua “fúria”.

-Ok, desculpa. Boa noite! - Exclamou Bill com um tom de voz vulgarmente no gozo.

Deixei-me cair naquela cama, cansado da intervenção do Bill em tudo o que faço. O sono logo fez-se despertar, adormeci calmamente, sem me dar conta de que nem tinha me preparado para domir.


CONTINUA...

_________________
Turn around
We are here
If you want it's us you`ll see
Doesn't count
Far or near,
We can hold you when you reach for us


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://misspower89.hi5.com
Ashley Fucker.
Colaboradora Gráfica
avatar

Feminino Número de Mensagens : 202
Idade : 24
Localização : OurémCity.
Emprego/lazer : Passear livros num colégio de freiras.
Humor : Nem me fales, babe.
THperfect : Todos
Data de inscrição : 31/07/2008

MensagemAssunto: Re: Falsa Melodia; Capitulo I   Sex Abr 03, 2009 11:17 pm

Hello! ^^
Oh, I like, I like.
Gosto da forma como escreves, algumas falhas, mas sim, gosto. <3
I wanna read the next chapter, now. :33
Beijinho.

_________________


**
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://meninakaulitz.hi5.com
Sweet Bitch K'
Admin
avatar

Feminino Número de Mensagens : 278
Idade : 28
Localização : Na cama dele ...
Emprego/lazer : Fuck my bitch @
THperfect : Tom Kaulitz
Data de inscrição : 31/07/2008

MensagemAssunto: Re: Falsa Melodia; Capitulo I   Sab Abr 04, 2009 11:53 pm

Oh God, Oh God!
Quero mais, quero mais honey!
Estou a adorar.

Love U <3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Falsa Melodia; Capitulo I   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Falsa Melodia; Capitulo I
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Tokio Hotel + :: Fãs :: FãFiction - 18-
Ir para: