Tokio Hotel +

És fã de Tokio Hotel ?! Então estás no sitio certo, entra e diverte-te!
 
InícioInício  PortalPortal  GaleriaGaleria  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Leb Die Sekunde ~Capítulo 21

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte

Gostas da minha FãFiction?
AMO esta FãFiction : )
100%
 100% [ 8 ]
GOSTO desta FãFiction : /
0%
 0% [ 0 ]
DETESTO esta FãFiction : (
0%
 0% [ 0 ]
Total dos votos : 8
 

AutorMensagem
Ashley Fucker.
Colaboradora Gráfica
avatar

Feminino Número de Mensagens : 202
Idade : 24
Localização : OurémCity.
Emprego/lazer : Passear livros num colégio de freiras.
Humor : Nem me fales, babe.
THperfect : Todos
Data de inscrição : 31/07/2008

MensagemAssunto: Leb Die Sekunde ~Capítulo 21   Qui Jul 31, 2008 11:52 pm

Bem , é assim , esta fic tem 38 capitulos . Já está escrita à algum tempo e eu acho que é a coisa mais estupida e chata que existe à face da terra apesar de ninguém dizer isso por isso aviso já , se não te queres cansar não leias .
Mas tu é que sabes . Se leres , COMENTA !

Pairings: Bill/PF , Tom/PF
Raiting: E
Warnings: Light, PM


Capitulo 1


Os meus pais decidiram ir morar para outro país, as coisas não iam bem e como tal a opção escolhida foi mesmo mudar de país! País escolhido, Alemanha!
Eu e a minha irmã até achamos a ideia engraçada, o pior foi deixar os amigos e ter que aprender uma nova língua!
Passaram 3 meses desde que nos instalamos no nosso ‘ novo país ‘, já fizemos novos amigos, já conhecemos os vizinhos, já dominamos bem a língua, bem, já nos adaptamos bem à nova vida!
Eu acho que ainda não disse mas, eu e a minha irmã somos gémeas, e o engraçado disto tudo é que na casa do lado esquerdo da nossa, existem dois gémeos da mesma idade que nós, mas, definitivamente, nós os quatro não nos damos nada bem, eles são irritantes a 101% !
Mãe – Anny , vai-te arranjar, os gémeos devem estar a chegar!
Anny – Okay! Okay! Vou já!
A mãe e o padrasto deles passam a vida fora de casa e então, a minha mãe, como é muito simpática, oferece-se sempre para ‘ cuidar ‘ daqueles dois gémeos ranhosos!
Anny – Oh Kathy, onde estás?! Hello, mana, preciso de ti!
Eu já estava impaciente, eles estavam quase a chegar, e a minha irmã nunca mais vinha! Ainda por cima eles iam ficar lá duas semanas!
Kathy – Ai Anny , tem calma! Pronto, já aqui estou!
Anny – Finalmente, eu não quero receber aquelas duas bestas sozinha!
Mãe – Kathy, já preparaste o quarto para eles?
Kathy – Sim, mãe! Já preparei!
Tocaram à campainha! Eram eles!
Pai – Anny!?! Vai abrir! Devem ser os gémeos Kaulitz!
Anny – Sim, sim, pai! Já estou a ir!
Abri a porta! E fiquei ali uns segundos a pensar: ´ Abro a porta ou dou-lhes com ela naquelas carinhas de parvos?! ´
Anny – Olá! Boa Noite! Entrem, entrem! Sejam bem vindos!
Tom – Boa Noite! Estás muito simpática hoje! É de admirar!
Anny – Pronto! Pronto! Se quiseres eu posso sempre ir buscar a frigideira e dar-te com ela em cima!
Tom – Engraçadinha tu! Sim, senhor!
Kathy – Boa noite par… Queridos vizinhos!
Bill – Boa Noite!
Mãe – Olá, meus queridos! Sintam-se em casa!
Pai – Boa Noite! Sim, sintam-se em casa!
Okay ´ ! Jantamos! Vimos televisão! Tudo muito calminho!
Anny – Bem, eu vou dormir! Estou cheia de sono!
Kathy – Eu também! Amanhã é dia de aulas!
Despedimo-nos dos pais, despedimo-nos daquelas duas amostras de gente, e fomos dormir!
Anny – Boa Noite, mana! LIBO-TE!
Kathy – Boa Noite, liebe! LIBO-TE também!

Continua ..


FUI

_________________


**


Última edição por .mk. em Sab Jan 17, 2009 8:34 pm, editado 10 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://meninakaulitz.hi5.com
Sweet Bitch K'
Admin
avatar

Feminino Número de Mensagens : 278
Idade : 28
Localização : Na cama dele ...
Emprego/lazer : Fuck my bitch @
THperfect : Tom Kaulitz
Data de inscrição : 31/07/2008

MensagemAssunto: Re: Leb Die Sekunde ~Capítulo 21   Qui Jul 31, 2008 11:59 pm

Bem ela pediu!

Tá fantástica liebe! Amei <3'

Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Missy

avatar

Feminino Número de Mensagens : 30
Idade : 23
Localização : TokioHoteLândia ^^
THperfect : Tom Kaulitz
Data de inscrição : 31/07/2008

MensagemAssunto: Re: Leb Die Sekunde ~Capítulo 21   Sex Ago 01, 2008 2:50 am

hehe. Eu já li esta fic'zinha toda! e voces nao, lálálá! Razz

Tá perfeitíssima, Twin!
Amo-te (L)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ashley Fucker.
Colaboradora Gráfica
avatar

Feminino Número de Mensagens : 202
Idade : 24
Localização : OurémCity.
Emprego/lazer : Passear livros num colégio de freiras.
Humor : Nem me fales, babe.
THperfect : Todos
Data de inscrição : 31/07/2008

MensagemAssunto: Re: Leb Die Sekunde ~Capítulo 21   Sab Ago 02, 2008 12:03 am

Epá , aqui vão mais dois ..

Cada vez pior isto , paa'h !


Capitulo 2

Mãe – Anny, Kathy, acordem! É dia de aulas! Que raparigas estas, sempre a dormir! Os gémeos já se levantaram! Eles sim são bem comportados!
Pronto, a minha mãe já começou, é sempre assim! Cada vez que aquelas duas pulgas irritantes vão lá para casa, ela está sempre a elogiá-los e nós somos sempre as mal comportadas!
Kathy – Bom dia também para ti mãe!
Anny – Faço minhas as palavras da Kathy!
Arranjamo-nos, descemos até á cozinha e tomamos o pequeno-almoço à pressa para não nos atrasarmos.
Mãe – Vá, vão lá para a paragem esperar pelo autocarro!
Anny – Sim, mãe!
Bill – Nós vamos, era preciso era que as gémeas se despachassem!
Kathy – Parvo! Nós já cá estamos! Tu e o teu querido irmãozinho é que são uns atrasados de primeira!
A esta provocação a minha irmã ficou sem resposta! Seguimos até à paragem. Estivemos o caminho todo calados, o da ida e o da vinda, sim, porque entretanto passou-se o dia de aulas e aqueles dois esqueletos não nos fizeram nada.
Anny – Finalmente em casa! Estava a ver o que o dia nunca mais chegava ao fim!
Tom – Pela primeira vez na minha vida, tenho que concordar contigo, Anny!
Anny – Aaah! Milagre! O Kaulitz Sénior concordou comigo! Fantástico!
Tom – Mas porquê?! Ficaste assim tão feliz por eu ter concordado contigo?! – Disse isto com aquela cara um pouco orgasmica dele, sentia-lhe uma raiva tremenda, mas houve uma pessoa na sala que não ficou indiferente aquele olhar!
Anny – Tu achas-te demasiado importante!
Ele levantou-se muito calmamente do sofá, sorriu-me, Vou-me embora para o meu quarto, o ar aqui está muito estranho, devolvi-lhe o sorriso, mas de uma forma um pouco ameaçadora. Subiu as escadas e passou pelo corredor a fazer uma barulheira com os pés, assim que o sentimos entrar no quarto, a minha irmã levanta-se e vai também para cima. Achei aquilo estranho, mas o que é certo é que a minha irmã andava a implicar pouco com ele e ele com ela, mas se calhar são só filmes da minha cabeça.
Bill – Anny, desculpa mas, porque é que nós andamos os dois sempre ás turras? Eu já percebi que não te dás bem com o meu irmão, mas eu não sou como ele. – Disse isto com uma voz tão doce, derreti-me toda, não sei porque, nem como, mas a Anny má e resmungona que não suportava aqueles dois, tinha acabado de perceber que sentia algo pelo Kaulitz Júnior.
Anny – És sim como o teu irmão, eu não vos suporto, e se pensas que vou mudar só porque me estás a olhar com esses olhinhos de cãozinho abandonado…Esquece!
Eu não conseguia dizer-lhe o que sentia e a única coisa que queria era esquece-lo, a ele e aquele sentimento estúpido que me deixava louca. Saí da sala e fui ajudar a minha mãe com o jantar, ele ficou ali, na sala, com aquele olharzinho triste, aquele olhar que quase me matou.
O dia acabou e eu nem olhar os olhos do Bill conseguia, na verdade, estava com remorsos por ter sido tão fria com ele.

Capitulo 3

Passaram-se três dias, e eu continuava assim, sem dirigir a palavra ao meu Ouriço! Já nem às provocações do Tom eu dava resposta!
Kathy – Meu amor, que se passa contigo?! Tens andado tão estranha! Até o m… o Tom já reparou! – Disse-me isto enquanto eu arrumava umas coisas no meu quarto, parei o que estava a fazer, sentei-me, olhei-a nos olhos e comecei a chorar.
Anny – Mana, eu estou completamente apaixonada pelo Bill, mas eu não lhe consigo dizer! O que faço?!
Tom – Agora já não tens esse problema! A porta estava aberta e o meu maninho ouviu! – Ele disse isto com aquele ar de gozo, e eu estava em pânico. – Kathyzinha, anda comigo até ao meu quarto, tenho saudades tuas!
Kathy – Claro, meu Rasta!
Anny – ‘ Kathyzinha ‘? ‘ Meu Rasta ‘? ‘ Saudades tuas ‘? – Aqueles dois andavam mesmo, mas saíram os dois do meu quarto de mão dada e nem me responderam.
Bill – Anny, acho que precisamos de falar! – AWWW! Eu quase morri quando ele disse isto, não sabia o que fazer, nem o que dizer.
Anny – Pois…Sim…Sabes é que…Eu…Eu…
Bill – Chiuuu! Não digas nada! Faz o que o teu coração mandar…Eu amo-te! – Disse isto ao meu ouvido, meteu as mãos na minha cintura e beijou-me, Amo-te meu ouriço, disse-lhe bem baixinho, e eu a ti meu amor! Oupa, eu estava tão, mas tão feliz, eu e o Bill, eu e o MEU Bill, namorávamos!
Anny – Desculpa eu ter sido tão parva contigo, conhecemo-nos à 3meses e eu nunca fui simpática contigo! Desculpa-me, eu amo-te!
Bill – Claro que desculpo! Eu também não fui muito simpático contigo! Desculpas? – Fez aquele sorrisinho que só ele sabe fazer, Huuum, Mein Gott!
Anny – Seu parvo, claro que desculpo!
Bill – Amanhã, tenho uma surpresa para ti!
Anny – O que é?! Diz. Diz. Pleaseeee.
Bill – Annyzinha, meu amor! Fazes anos amanhã, não é hoje! – Ele sabia que eu fazia anos no dia seguinte, sentia-me tão bem por isso!
Anny – Tu sabes?! Aii, meu Ouriço, eu Amo-te!
Bill – Claro que sei! Amo-te! Amo-te! Amo-te!
Foi o melhor dia da minha vida. Estava tão feliz, tão bem ao lado do rapaz que eu amo! Sem ele, não sou nada! NADA MESMO!
Kathy – A minha mana está feliz…Hum…Qual será o motivo dessa felicidade toda?!
Anny – Bill! Bill! Bill! Bill! Eu amo o meu Kaulitz Júnior! Por falar em Kaulitz…
Kathy – Tom! Tom! Tom! Tom! Eu amo o meu Kaulitz Sénior! O meu Rasta! O meu Homem!
Ela transpirava de felicidade! Estava tão linda com aquele sorriso estampado nos lábios! Minha Kathy! Minha twin! Minha tudo!
Continua ..


Comentem esta cena , SFF ! lol!

Fui !

_________________


**
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://meninakaulitz.hi5.com
Emmy

avatar

Feminino Número de Mensagens : 68
Idade : 25
Localização : Ourém
Emprego/lazer : Estudante
THperfect : Tom Kaulitz
Data de inscrição : 31/07/2008

MensagemAssunto: Re: Leb Die Sekunde ~Capítulo 21   Sab Ago 02, 2008 12:06 am



epá a minha priminha tei m uito jeitinho para a coisa

eu ja li a fic toda e ta muito mas muito fixe


lol!



amo-te priminha

Kiss
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sweet Bitch K'
Admin
avatar

Feminino Número de Mensagens : 278
Idade : 28
Localização : Na cama dele ...
Emprego/lazer : Fuck my bitch @
THperfect : Tom Kaulitz
Data de inscrição : 31/07/2008

MensagemAssunto: Re: Leb Die Sekunde ~Capítulo 21   Sab Ago 02, 2008 7:03 pm

Oh minha queridinha!
Tou a amar!




tjii amuuuu <3'
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ashley Fucker.
Colaboradora Gráfica
avatar

Feminino Número de Mensagens : 202
Idade : 24
Localização : OurémCity.
Emprego/lazer : Passear livros num colégio de freiras.
Humor : Nem me fales, babe.
THperfect : Todos
Data de inscrição : 31/07/2008

MensagemAssunto: Re: Leb Die Sekunde ~Capítulo 21   Sex Ago 08, 2008 1:12 am

Capitulo 4

Anny – Kathy! Kathy! ACORDAAAAAAA! – Gritei pela minha linda mana logo de manhã! Tinha a felicidade espetada no rosto! Ia fazer os meus 16aninhos! Estava feliz!
Kathy – Aiii, Anny! Calma, meu amor! O despertador ainda agora tocou! Yah?!
Anny – Yah! Yah! Mas isso agora não importa! PARABÉNS MEU AMOR! Hoje fazemos 16anos! Lembras-te?
Kathy – AWWW! Pois é! Parabéns meu bem! AMO-TE! Obrigado!
Anny – Danke Shön! Danke Shön!
Despachamo-nos o mais depressa que pudemos! Descemos e ficamos pasmadas a olhar para a sala…Estava tudo tão lindo…
Bill e Tom – Para vocês! PARABÉNS!
Mãe – Parabéns minhas queridas! – Beijinho na bochecha –
Pai – Parabéns minhas filhas! – Beijinho na testa –
Anny – Obrigado! Obrigado! Isto está tudo tão lindo! Tão magnifico!
Kathy – Sim, é verdade! Obrigado!
Bill – Anny, amor, anda cá!
Anny – Muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuah! Amo-te meu Ouriço!
Bill – E eu a ti! ICH LIEBE DICH!
Anny – Era esta a surpresa?
Bill – Sim! Eu e o meu irmão combinamos que íamos organizar uma festa para vocês…Mas a surpresa ainda não acabou!
Hum…Mistério no ar!
Ao final do dia, já tínhamos a casa cheia de amigos, até os de Portugal tinham vindo! Eu estava tão feliz de ter ali todos os meus amigos!
Bill – Peço desculpa! Podem fazer silêncio, por favor? – Ele subiu a um pequeno palco improvisado que estava tapado por um pano branco!
Bill – Obrigado! Kathy, minha querida cunhada…Anny, meu amor…Tenho o prazer de vos apresentar ao vivo os TOKIO HOTEL!
Anny – AWWW…AMO-TE MEU KAULITZ JÚNIOR!
Kathy – AWWW…AMO-TE MEU KAULITZ SÉNIOR!
Bill – ARE YOU READY TO SCREAM????????????????!!
Anny – Sim, meu bom! Contigo faço tudo! AMO-TE!
Eu e a Kathy estávamos mesmo pertinho do palco, afinal, a surpresa era para nós!
Bill – Vem cá, princesinha! Vem cá, minha Anny!
Aquele vozinha dele a chamar por mim ouvia-se pela sala toda. Ele estava lindo, para não variar, Amo-te meu Kaulitz, disse-lhe ao ouvido, Amo-te Bubuletinha minha, AWWW, que voz, que sorriso! Claro, cantei com ele! Estava tão feliz! Acabou a festa, despedi-me de todos os meus amigos, com uma lágrima no olho, mas sentia-me bem!
Tom – Kathy, anda comigo…Para nós, a festa ainda não acabou!
Kathy – Hum…Isso cheira-me a noite escaldante!
Pronto, escusado será dizer como foi a noite destes dois! Eu apesar de não gostar muito do Tom, não podia deixar de estar feliz pelo facto de ver a minha irmã ao lado do rapaz que ela ama!
Anny – Bill, esta noite, quero-te ao meu lado! Sim?!
Bill – Annyzinha, isso nem se pergunta!
Melhor noite! Sim, sem dúvida! O meu Bill é simplesmente o Ouriço que eu amo e que sempre vou amar! O meu Homem!



Este está mesmo horrivel . Estado neste dia : Sentimental e tonta .

Capitulo 5

Acordei de manhã, ao lado dele, ao lado do meu Ouriço, do meu Homem, sim, ao lado dele, do meu Bill. Como ele é lindo a dormir, aquele sorriso com que ele adormecia, permanecia, lindo, lindo!
Anny – Bill, Pssst…Ei, meu amor, acorda! Já é dia!
Bill – Hum…Bom dia, minha boboleta!
Como era bom ouvir aquela voz dele logo de manhã! Ele deu-me aquele beijinho que só ele sabe dar…Era tão bom sentir aqueles lábios entrelaçados nos meus, as nossas línguas juntas…E aquele clima…Aquele clima que ambos sentíamos…Só ele, só ele me fazia sentir assim, daquela forma! Ele é sem dúvida o homem da minha vida!
Anny – Então e se fossemos até lá abaixo comer alguma coisa?! Tenho fome!
Bill – Muuuuah…Acho que não precisamos de ir até lá abaixo. Sabes o que é que me está a apetecer, amorzinho?!
Anny – Tenho uma pequena ideia…- Saltei-lhe para cima, beijei-o, ficamos sem roupa num instante, lambemo-nos, mordemo-nos, beijamo-nos, fizemos tudo o que podíamos e que tínhamos direito, amávamo-nos e amamo-nos, para sempre, eternamente.
Anny – Amo-te! Amo-te para sempre! Quero-te a todo o instante! Pertences-me! Não me deixes! Promete-me que não me deixas, sim meu bem?!
Bill – Amo-te mais! Nunca, nunca te vou deixar! És minha, minha, minha, e só minha! Vamos ficar juntos para sempre! IMMER!
Anny – Muuuuuuah! Nunca duvides do que eu sinto por ti! O meu amor por ti, por ti meu Kaulitz, é único e eterno, eterno e incondicional, incondicional e lindo…Amo-te acima de tudo…AMO-TE MEU OURIÇO!
Bill – Amo-te! Muuuuuuah! – Ele não se conteve, ao ouvir isto da minha boca, beijou-me apaixonadamente, como se não houvesse amanhã, quando parou, deixou que a sensibilidade o tomasse por completo e deixou cair do seu olho uma pequena lágrima, lágrima essa que limpei com a minha mão.
Anny – Meu Bill, não chores! Amo-te tanto! – Abracei-me a ele com toda a força e comecei também eu a chorar.
Mãe – Bom dia…Ou melhor…Boa tarde!
Bill – Que horas são?!
Mãe – 18h!
Anny – Eiaa…Mein Gott! Bem, vou tomar banho! Bill, acompanhas-me?!
Bill – Meu amor, claro que sim!
Mãe – Aii, o amor é realmente lindo…E então em dois jovens da vossa idade…Que belo…Vá, vão lá!
A minha mãe sempre foi muito destas coisas! E então como estávamos na época Natalícia ela ainda estava mais sentimental!
Continua . . .





Para ti minha Missy :


Meu amor, minha TwinSister, sei que a fic hoje está uma merda. Desculpa. Hoje virei-me para o ‘ sentimental ‘. Precisava de escrever tudo o que sentia por ele, como também, tudo o que, um dia, gostaria que ele sentisse por mim. Amo-o tanto, mas tanto. Talvez um dia, talvez um dia o consiga ter, pertinho de mim, junto a mim. Comigo eternamente!
Missy, minha TwinSister, AMO-TE tanto como a ele! Amor eterno! Sabes melhor que ninguém. Amo-te meu amor!

Anny

_________________


**


Última edição por Anny &lt;'3 TH em Sex Ago 08, 2008 1:35 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://meninakaulitz.hi5.com
Ashley Fucker.
Colaboradora Gráfica
avatar

Feminino Número de Mensagens : 202
Idade : 24
Localização : OurémCity.
Emprego/lazer : Passear livros num colégio de freiras.
Humor : Nem me fales, babe.
THperfect : Todos
Data de inscrição : 31/07/2008

MensagemAssunto: Re: Leb Die Sekunde ~Capítulo 21   Sex Ago 08, 2008 1:19 am

A Mary Jane [cachopa, para a próxima escolhe nome melhor] pediu para eu por e eu como estou muito boa'zinha hoje, a Emmy diz que não , pus muitos.

Capitulo 6

Era dia de aulas, faltava apenas uma semana para ficarmos de férias, e apenas uma semana para os gémeos voltarem para casa.
Kathy – Anny, achas que o Tom vai deixar de gostar de mim quando voltar para casa dele?! Tenho medo!
Anny – Oh meu anjo, se ele gosta de ti, ele gosta de ti aqui ou na China! Não estejas assim, eu sei que ele te ama! Ele mudou, isso já todos percebemos, ele mudou por ti meu amor, queres melhor prova?!
Kathy – Eu sei. Mas não consigo deixar de pensar na possibilidade dele me trocar por meia dúzia de loiras oxigenadas com cabeça oca. Tu sabes bem como ele era antes de começar a namorar comigo…
Anny – Tu és muito mais gira que qualquer puta loira armada em boa, e o Tom sabe disso muito bem. Sim, eu sei como ele se dizia ser, mas também sei que o meu cunhadinho é cãozinho que ladra mas não morde!
Kathy – Obrigado! Obrigado por tudo minha irmã! Amo-te!
A minha irmã estava insegura, mas também, com um traste daqueles como namorado, é natural. Apesar de tudo o que lhe disse, não consigo deixar de ter medo por ela, ele é bom, é giro, é simpático, mas deixa-se levar por qualquer gaja com um bom par de mamas e com o cu no sitio!
Tom – Então menina, vamos?!
Kathy – Claro amor, vamos!
Anny – Sim, sim, sim! Vamos já! Olha lá, o teu irmão?
Tom – Não sei. Ele ficou no quarto a acabar de se vestir quando eu desci para tomar o pequeno-almoço!
Anny – OKAY ´! Danke Shön! Eu vou lá ter com ele!
Tom – Então mas que é isto?! Olha que ele pode não estar apresentável para tu veres…
Anny – Meu querido cunhado, não há nada nele que eu ainda não tenha visto!
Aquelas bocas dele, BRRRRR, que nervos! Dirigi-me ao quarto do Bill, achei estranho ele ainda não ter saído do quarto àquela hora!
Anny - ´Toc´Toc´Toc! Amor?! Estás aí?! – Como ele não respondia, entrei, não estava por ali, então fui até à casa de banho do seu quarto – Bill, estás aqui?! Achei estranho não teres ainda saído do quarto a esta hora, então achei melhor vir pro… BILLLLLLLLLLLL! – Eu não acreditava no que os meus olhos viam…Estava em pânico…

Capitulo 7

Anny – Bill! Bill! Amor, acorda! O que é que tu tens?! Fala comigo…Acorda, meu amor, acorda! – Entrei na casa de banho e encontrei o meu Ouricinho ali, estendido no chão, inanimado! Estava em pânico, desatei a chorar, senti um aperto enorme no peito!
Tom – Mas que gritaria é es…MANOOOO…BILLLLLLLLLL! Anny, o que é que ele tem?! O que é que o meu irmão tem?!
Anny – Tom, eu não sei, eu entrei aqui e ele estava assim, só me apetecia gritar e chorar. Eu não o posso perder. – Abracei-me ao Tom, já não sabia o que fazer, nem o que dizer, apenas chorava, apenas gritava o nome dele, Bill, meu Bill, não me deixes meu anjo, não, preciso de ti, amo-te!.
Kathy – A ambulância está a chegar! Tenham calma…Ele vai ficar bom num instante!
Anny – Calma, Kathy, Calma?! Queres que eu tenha calma?! Tenho o meu namorado no meio do chão…Ele não fala, não me responde, não abre os olhos, Kathy, ele não responde e eu estou a ficar com medo…Eu não o posso perder, ele é demasiado importante para mim…Tu não percebes, isto é tão complicado para mim…Fui eu, fui eu que o encontrei assim, fui eu…Fui eu que comecei a chorar com medo de o perder, era eu que não sabia o que fazer…Sou eu que o amo, sou eu que tenho o meu namorado assim no chão…Não és tu…Tu não percebes…Não percebes…Eu não o posso perder…Não posso…Eu não vivo sem ele…Não vivo…NUNCAAA! - Gritei isto tão mas tão alto, estava tão mal, tão assustada com tudo, tão frágil. Acabei por culpar a minha irmã, coitada, não era só eu que estava mal, ela também. E o Tom?! O Tom estava mal, tinha medo de perder o irmão, ele não chorava, não falava, não fazia nada, estava imóvel, mais quieto que uma estátua, mais branco que a cal, estava um caco! Larguei o Tom e corri para perto dele, do meu Bill! Abracei-o, deitei lágrimas e vi-as escorrerem pelo rosto dele, beijei-o, abracei-me a ele, estava tão mal com tudo!
Kathy – Chegou a ambulância!
Já ele estava na maca, dentro da ambulância! Estava tão pálido, parecia…Bem, não quero pensar em nada!
Bombeiro – Só pode ir uma pessoa na ambulância com ele! Quem vai?
Olhei para o Tom, pensei que ele quisesse ir, apesar de me apetecer saltar logo para dentro da ambulância, não queria passar um segundo que fosse longe dele, mas pensei no Tom, são irmãos, e adoram-se, era natural que ele também quisesse ir.
Tom – Anny, vai tu! Se o meu irmão acordar, ele vai queres estar ao pé de ti! E eu sei que tu estás mais frágil que eu! Vai tu…Eu e a Kathy chamamos um táxi e vamos já para o hospital ter contigo!
Anny – Obrigado, Tom! Obrigado mesmo! Eu não ia aguentar ficar longe do teu irmão!
Bombeiro – Menina, despache-se, por favor!
Anny – Claro! Vamos, vamos! Desculpe!
Não aconteceu nada durante a viagem toda. Ele não se mexeu, não acordou, não pestanejou! Estava cada vez mais preocupada e triste!

Capitulo 8

Chegamos ao hospital, levaram-no para uma sala qualquer, e eu, fiquei ali a chorar e a pensar em todos os bons momentos que vivi com ele, estava mal, parecia um vidro que se tinha acabado de estilhaçar no meio do chão, eu já não via, já não falava, não comia, não ria, não chorava. Estava triste! Queria tanto que o médico aparecesse para me dar boas noticias, mas, ao mesmo tempo tinha medo, e se ele me dá más noticias?! Com tanta demora, eu já só pensava o pior! Era o médico que nunca mais dizia nada, a minha Kathy e o Tom que nunca mais chegavam, o telefonema que recebi dos meus pais a dizer que foram hoje de manhã de urgência para Portugal porque a minha queridíssima avó tinha morrido num acidente de carro! Eu estava pior que mal, aconteceu tudo ao mesmo tempo e tão depressa! O meu namorado, estava enfiado numa sala do hospital e os médicos nunca mais me diziam nada, a minha querida avó tinha morrido, como eu a adorava, lembrava-me de tudo naquele momento, de bons momentos com o Bill, e de bons momentos com a minha avó! Que aflição, mein Gott! E para piorar, ainda tinha o terrível papel de contar à minha irmã que, enfim, a minha irmã dava-se tão bem com a avó, eram inseparáveis!
Médico – Menina Ana Carvalho ?!
Anny – Sim, sou eu! Alguma novidade do meu namorado? Ele está bem? O que é que ele tem? Diga-me! Diga-me!
Médico – Tenha calma! O estado do Bill é estável, mas lamentavelmente, o seu namorado tem uma doença bastante complicada! Tem cura, mas é difícil! Vais ter um longo caminho pela frente!
Anny – Doutor, o que é que o Bill tem?
Médico – Ana, o teu namorado sofre de anorexia!
Anny – O que? Não pode ser!
Médico – Como te disse, vais ter um longo caminho pela frente! E eu agora vou precisar de falar contigo. Vem comigo até ao meu consultório!
Anny – Sim, doutor! Posso vê-lo antes?
Médico – Ele agora está a dormir. Prometo que quando acabarmos a nossa conversa, eu deixo-te ir vê-lo!
Anny – Obrigado, doutor!
Fomos até ao consultório, quando ele me disse o que é que o Bill tinha, eu nem queria acreditar, sim, ele estava muito magro, não comia nada de jeito e andava super atarefado com a banda! Ele já nem dormia direito!
Médico – Ana, o teu namorado tem comido bem?
Anny – Sinceramente doutor, ele não tem comido nada. E depois, para além de não comer nada de jeito, passa o dia agarrado a um papel e a uma caneta a escrever músicas para a banda, se não está a escrever, está no estúdio até altas horas da noite para ensaiar, chega a casa tardíssimo e mal tem tempo para dormir. Ultimamente a vida dele é esta, e o Tom, o irmão dele, diz que ele, desde que a banda começou, tem vindo a pior de dia para dia, muito trabalho e pouco descanso.
Médico – Pois é, mas ele agora vai ter que parar esse ritmo de vida. E tu vais ter que o apoiar. Ele precisa de ti mais do que nunca. Promete-me que o vais ajudar, qualquer dúvida que tenhas, podes vir aqui, eu ajudo-te em tudo o que precisares, mas cuida deste rapaz, ele agora não corre perigo de vida, ainda está numa fase pouco avançada da doença, e com esforço da parte dele e apoio de todos os que o rodeiam vai ser fácil ele ficar bom, mas se não existir isto da parte de todos, ele corre sérios riscos.
Anny – Eu prometo que o vou ajudar. Não o posso perder. – Senti-me melhor. A conversa com o médico ajudou-me bastante.

Capitulo 9

Sai do consultório, e o médico levou-me até ao quarto do Bill. Ele já tinha acordado, graças a Deus. Fiquei feliz por ver de novo aquele sorrisinho lindo que só ele, o meu Bill, tem!
Bill – Anny, meu amor. Ainda bem que estás cá! Estava mal sozinho! Bebé, anda cá, abraça-me, preciso do teu abraço agora!
Abracei-o com tanta mas tanta força, precisava tanto daquilo. Sentia-me bem ao lado dele. Apesar de saber que tinha um longo caminho pela frente para voltar a poder sorrir sem preocupações ao lado do meu Bill, senti-me feliz naquele abraço!
Anny – Amor, o médico já te contou?!
Bill – Sim bebé. Mas eu estou bem! Eu como, eu não trabalho assim tanto, e tu sabes disso, o médico não pode estar bem, não pode!
Anny – Bill, eu não quero discutir agora contigo, tu estás frágil e tanto agora como nos próximos tempos, precisas do meu apoio, e não que eu te esteja constantemente a ‘ ralhar ‘ por não comeres ou por te cansares demasiado. Eu sei que é normal tu dizeres isso, mas sabes bem que não é verdade, tu não te tens alimentado em condições, já nem Fast Food tu comes, e mais és viciado nisso, andas cansado por causa da banda, e sabes bem que vais ter que abrandar o ritmo porque estás cada vez pior. Eu amo-te, e custe o que custar, com a tua contribuição ou sem a tua contribuição, eu vou conseguir tirar-te dessa vida que levas, porque eu não te quero perder, e porque eu sei que estás doente por isso. Eu vou conseguir, custe o que custar, dure o tempo que durar.
Bill – Anny, eu estou bem. E agora só quero é sair daqui e voltar à minha vidinha.
Tom – Olá! Olá! Então como é que está o meu maninho doentinho?
Bill – Eu estou óptimo! Pronto para outra!
Tom – Pois. Pois. A gente depois vê se é assim como dizes! :’)
Anny – Bill, em casa continuamos a nossa conversa! Tom, preciso de falar contigo!
Tom – OK! Vamos até lá fora! Sim?
Anny – OK! Kathy, amor, ficas aqui com o Bill?!
Kathy – Claro, mana! Vai lá descansada!
Anny – Obrigado!
Eu e o Tom saímos do quarto e fomos até ao bar do hospital, ele ainda não sabia o que tinha o irmão e eu tinha de lhe contar.
Anny – Tom, o médico já me disse o que é que o teu irmão tem…
Tom – O que é que ele tem, Anny? Começo a ficar muito preocupado!
Anny – O teu irmão tem anorexia!
Tom – Anorexia?
Anny – Sim, Tom! Tu melhor que ninguém, sabes que desde que começaram os Tokio que ele leva uma vida em que o trabalho predomina, ela farta-se de trabalhar, faz tudo pela banda, e acaba por se esquecer dele próprio, esquece-se que tem vida para além da banda.
Tom – Sim, eu sei. E agora temos um longo caminho pela frente!
Anny – Sim, é verdade! Tom, eu quero-te pedir uma coisa…
Tom – Claro, diz.
Anny – Os meus pais ligaram-me e foram hoje de manhã para Portugal, a minha avó morreu num acidente de carro. A minha irmã ainda não sabe, elas eram muito unidas. Eu estou cansada, tive um dia péssimo, será que podes tu contar-lhe…?
Tom – Claro! Bem, hoje acontece de tudo, é um dia NÃO, mesmo!
Ainda bem que o Tom aceitou contar à minha irmã, no estado em que estava não o conseguia fazer. Fiquei com medo da reacção dela. Elas eram tão amigas!

Capitulo 10

O Bill saiu do hospital, voltamos para casa, e tanto eu como o Tom já nos tínhamos mentalizado que tínhamos um longo caminho pela frente. Para piorar as coisas, a minha irmã reagiu super mal à morte da minha avó, ficou triste, achei normal, elas davam-se tão bem. Eu adorava a minha avó, mas com a minha irmã, era diferente, elas eram muitos cúmplices, cumplicidade essa que eu nunca tive com a minha avó. Eu adorava ver aquela amizade, não o sentia, mas conseguia observar de perto, era uma coisa realmente bonita de se ver. Era lindo!
Passou-se 1 mês desde que tudo isto aconteceu, mas continuava tudo na mesma, aliás, estava tudo ainda pior. O Bill, continuava sem comer nada, cada vez trabalhava mais para a banda e cada vez ligava menos à sua vida fora da banda. A minha irmã, a minha Kathy, essa já nem conhecia ninguém, tornou-se agressiva, tinha cada vez mais problemas, todas as noites saía para discotecas, bebia imenso, drogava-se, chegava à casa quase de manhã e não dormia nada. Eu e o Tom já estávamos a dar em doidos, o meu ‘ refugio ‘ era o Tom, e o dele era eu, eu precisava dele e ele precisava de mim. Durante um mês, eu passei por tanto naquela casa, os meus pais, em vez de apoiarem a minha irmã, apenas a rebaixavam ainda mais, chamavam-lhe de tudo. Ela nem ligava, tal era a distancia a que se encontrava do mundo real. Já eu, sofri tanto com tudo aquilo, já nãos suportava mais. Foi um mês difícil de passar, foi tão lento. Em casa dos Kaulitz, acontecia a mesma coisa, o Tom passava pelo mesmo que eu, e o Bill estava cada vez mais distante do real. Enfiava-se no trabalho e só o trabalho lhe interessava. Eu e o Tom achamos por bem, arranjarmos uma casa para vivermos os quatro, o Bill não só dependia do irmão como de mim e a minha irmã para alem de depender de mim, dependia também do Tom, apesar de ambos não dependerem muito de ninguém porque se encontravam num mundo distante do real, estava mal, muito mal! Arranjamos uma casa longe da dos nossos pais, não queríamos estar constantemente em contacto com aqueles que tanto mal fizeram ao Bill e à Kathy.
Tom – Anny, passaram cinco meses desde que o Bill e a Kathy ficaram assim, passaram quatro meses desde que começamos a viver os 4 juntos, eu e a Kathy acabamos, ela anda completamente na lua, vai para a cama com o primeiro gajo que lhe aparece à frente, tu e o Bill acabaram, ele aos poucos foi-se tornando numa Kathy versão rapaz. Eu já não sei o que é ser feliz, será que eu um dia vou voltar a ser feliz com uma mulher, como fui com a Kathy?
Anny – Tom, eu espero que sim, eu continuo a amar o Bill, e sempre vou amar. Mas sinceramente, tenho saudades de ter um rapaz ao meu lado que me apoie.
Tom – Sabes, Anny…Acho que aos poucos me estou a apaixonar por outra rapariga…Mas tenho medo de estar enganado!
Anny – Posso perguntar quem é?!
Tom – TU!
Anny – Tom, eu sinto uma grande admiração por ti, e sei que aos poucos, apesar de nunca esquecer o Bill, vou começar a interessar-me mais por ti, tens sido espectacular comigo, um grande amigo mesmo, eu nunca gostei de ti, mas, mostraste-me que não eras como eu pensava, e isso eu admirei e admiro muito. Tom, eu adoro-te!
Tom – Anny, eu sei que é estranho mas, queres namorar comigo?
Anny – Sim! Eu quero voltar a construir a minha vida. Se um dia o Bill ficar como era, e se ela ainda voltar a tempo, Tom, eu não espero, eu volto para ele. Eu sei que tu fazes o mesmo com a Kathy.
Tom – Sim, é verdade! Mas agora, vamos aproveitar todos os momentos que temos para estarmos juntos, e vamos ser, aquilo que não somos à muito tempo. FELIZES! Eu amo-te!
Anny – E eu a ti! Amo-te!
Beijamo-nos! Senti-me de novo feliz, apesar de não o amar como amo o Bill, sentia algo muito especial por ele!


FUI


_________________


**
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://meninakaulitz.hi5.com
Emmy

avatar

Feminino Número de Mensagens : 68
Idade : 25
Localização : Ourém
Emprego/lazer : Estudante
THperfect : Tom Kaulitz
Data de inscrição : 31/07/2008

MensagemAssunto: Re: Leb Die Sekunde ~Capítulo 21   Sex Ago 08, 2008 11:56 pm

Epá priminha ja disse e volto a dizer tu teis o jeitinho para escrever

lol!


Amo-te priminha <´3


Razz
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ashley Fucker.
Colaboradora Gráfica
avatar

Feminino Número de Mensagens : 202
Idade : 24
Localização : OurémCity.
Emprego/lazer : Passear livros num colégio de freiras.
Humor : Nem me fales, babe.
THperfect : Todos
Data de inscrição : 31/07/2008

MensagemAssunto: Re: Leb Die Sekunde ~Capítulo 21   Sab Ago 09, 2008 12:14 am

Emmy escreveu:
Epá priminha ja disse e volto a dizer tu teis o jeitinho para escrever

lol!


Amo-te priminha <´3


Razz




Oh amouuree meu . . . Obrigadooo . . . AMO-TE <'3

_________________


**
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://meninakaulitz.hi5.com
Sweet Bitch K'
Admin
avatar

Feminino Número de Mensagens : 278
Idade : 28
Localização : Na cama dele ...
Emprego/lazer : Fuck my bitch @
THperfect : Tom Kaulitz
Data de inscrição : 31/07/2008

MensagemAssunto: Re: Leb Die Sekunde ~Capítulo 21   Dom Ago 10, 2008 9:25 pm

Amei mesmo muito maninha aí de baixo! Very Happy



Tji amu muitjinho mejmo!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ashley Fucker.
Colaboradora Gráfica
avatar

Feminino Número de Mensagens : 202
Idade : 24
Localização : OurémCity.
Emprego/lazer : Passear livros num colégio de freiras.
Humor : Nem me fales, babe.
THperfect : Todos
Data de inscrição : 31/07/2008

MensagemAssunto: Re: Leb Die Sekunde ~Capítulo 21   Qua Ago 13, 2008 1:42 am

Então é assim .. Aqui vai mais um capitulo de merda .. Só quero deixar um pequenino aviso :

Não pensem que eu vivo numa ilusão e que acho que isto da merdinha do amor é muito facil pqe não acho .. Mas eu não queria a mia fic uma coisi'nha lamechas e que fizesse chorar .. Por isso ficou assim .. Isto é tipo à Morangos c/ sal .. Os casalinhos andam smp com merdas e depois ficam juntas e felizes .. Mas neste caso .. Ficaram com umas cenas a mais .. Pronto .. Era isto . Tchauu ..

P.S. - Eu não gosto lá muito dessa cena do amor .. É muito lamechas e não tenho paciencia para isso .. Na minha vida existem umas 2 ou 3 pessoas que eu amo .. Mas nenhuma delas é rapaz .. Por isso .. Digo já .. Com rapaz é cagar e andar [ou então .. foder e bazar] .. lol!


Capitulo 11

Apesar de tudo, sentia-me um pouco mais feliz, eu e o Tom estávamos bem, eu sabia que o que sentia por ele não era bem amor, era mais um carinho especial, mas pelo menos, enquanto estava com ele, sentia-me bem, sentia-me segura. Eu não o queria usar para esquecer os problemas, como se fosse uma bebida alcoólica que costumam usar para ‘ afogar as tristezas ‘, eu gostava dele a sério, apenas não era o homem da minha vida. O homem da minha vida andava na lua, a fazer sexo todos os dias com a primeira loira oxigenada com um bom par de mamas que encontrava na segunda ou terceira discoteca onde entra, já com uma boa quantidade de álcool em cima.
Bill – Olá! Olá! Casalinho do ano! – Custou-me tanto ouvir isto, eu amava-o, sempre o amei e sempre o vou amar, estava a vê-lo desaparecer aos poucos e eu não podia fazer nada. Ele passava a vida a gozar comigo e com o Tom, sempre a mandar bocas, sempre a dizer que nos tínhamos tornado nuns melgas e nuns ‘ cotas ‘. A minha irmã estava na mesma. Dizia o mesmo de nós, dizia que fomos feitos um para o outro. Eu sentia que apesar de tudo, o Bill ainda me amava, mas eu já não conseguia perguntar-lhe, ele estava tão diferente, tinha medo de o enfrentar, tinha medo da reacção dele.
Tom – Tens algum problema com isso? Eu posso não amar a Anny, porque ainda amo a Kathy, e ela pode não me amar a mim porque ainda te ama a ti, eu sei que é assim, mas nós pelo menos tentamos ser felizes ao lado um do outro já que vocês se destruíram e nos tentaram destruir também a nós.
Kathy – Então olhem, sejam muito felizes um com o outro. Que nós vamos ser felizes com vocês ou sem vocês.
Anny – Kathy, o que é que queres dizer com isso?!
Bill – Eu e a Kathy namoramos. E estamos muito felizes um com outro. Nunca amei ninguém como a amo a ela. Somos felizes como nunca fomos!
Kathy – Sim, o Bill é o rapaz que eu amo. É o grande amor da minha vida!
Anny – Tom, desculpa mas eu não aguento mais isto. Eu vou para cima! – Estava quase a chorar, levantei-me e corri para o meu quarto, nem consegui olhar os olhos dele, do meu Bill e dela, da minha irmã! Estava tão mal. Aquelas palavras soavam na minha cabeça, ouvir aquilo foi como que se tivesse levado um tiro e tivesse ido desta para pior, foi horrível, eu ainda amo tanto o Bill. Como é que ele conseguiu dizer ali, à minha frente que nunca amou ninguém como ama a minha irmã. Sentei-me na minha cama, encostei o peito aos joelhos e chorei, chorei, chorei. Chorei até não ter mais lágrimas.
Tom – Anny, o que é que se passou?! Porque estás assim?! Diz-me. Sabes que estou aqui para o que tu precisares.
Anny – Tom, eu adoro-te. Mas tu sabes que eu continuo a amar o Bill, sabes que eu sempre o vou amar, aquelas palavras dele nunca amei ninguém como amo a Kathy, vão ficar para sempre na minha cabeça, como é que ele teve coragem de dizer isto à minha frente. Como, Tom?! Como?!
Tom – Tem calma. Sabes bem que o que ele disse não é o que ele sente. E o que é que nós combinamos, meu bem?! Que os íamos esquecer e íamos tentar ser felizes um com o outro, mesmo não nos amando como amamos aqueles dois! Não foi?
Anny – Foi Tom. Mas é tão difícil. Para ti não é tão difícil, és rapaz, não te custa tanto ouvir estas coisas, mas eu Tom, eu sou rapariga, e para além de ser rapariga, sou um ser humano, tenho sentimentos como toda a gente, sou um ser que sofre, um ser que ri, que chore, que anda, que corre, que fala. Possa Tom, ouvir aquilo da boca do teu irmão foi como um balde de água fria. Ele jurou-me amor eterno.
Tom – Eu compreendo o que estás a sentir! Mas vamos ajuda-los a voltarem a ser o Bill e a Kathy de sempre. E quando isso acontecer, ainda tu vais a tempo de ser feliz com o meu irmão e eu vou a tempo de ser feliz com a tua irmã. Enquanto isso, vamos tentar os dois ser felizes e ter alguns momentos de alegria, juntos! Adoro-te!

Já foste .. Tchau aíí !

_________________


**
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://meninakaulitz.hi5.com
Missy

avatar

Feminino Número de Mensagens : 30
Idade : 23
Localização : TokioHoteLândia ^^
THperfect : Tom Kaulitz
Data de inscrição : 31/07/2008

MensagemAssunto: Re: Leb Die Sekunde ~Capítulo 21   Qua Ago 13, 2008 11:52 pm

Amor, eu ja te disse que a tua fic tá linda, é linda pq foi escrita por uma pessoa linda.
Topas ? scratch


Só para que fiqe claro, a Kathy sou eu, yaa? Por isso, qem tá c/ ideiaZinhas, pode tirar o cavalinho da chuva! tongue



qem nao acredita, qe pergunte à Anny! (Y)

Tchauu aí, liebe.
amo-te
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Emmy

avatar

Feminino Número de Mensagens : 68
Idade : 25
Localização : Ourém
Emprego/lazer : Estudante
THperfect : Tom Kaulitz
Data de inscrição : 31/07/2008

MensagemAssunto: Re: Leb Die Sekunde ~Capítulo 21   Qui Ago 14, 2008 4:18 pm


priminha mais um capítulo espectacular !

posta rapidinho mais um

tenho que concordar com a Jee : )


lol!

Amo-te priminha <´3

Kiss

Razz
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carolina Cruz

avatar

Feminino Número de Mensagens : 18
Idade : 23
THperfect : Tom Kaulitz
Data de inscrição : 03/08/2008

MensagemAssunto: Re: Leb Die Sekunde ~Capítulo 21   Dom Ago 24, 2008 1:55 am

Tipo. porque isto deu uma grande reviravolta e eu amei Very Happy

QUERO MAIS RAPARIGA ^^

POSTA POSTA xD

Liebo'te páá =D

I love you I love you
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ashley Fucker.
Colaboradora Gráfica
avatar

Feminino Número de Mensagens : 202
Idade : 24
Localização : OurémCity.
Emprego/lazer : Passear livros num colégio de freiras.
Humor : Nem me fales, babe.
THperfect : Todos
Data de inscrição : 31/07/2008

MensagemAssunto: Re: Leb Die Sekunde ~Capítulo 21   Dom Ago 24, 2008 1:56 am

Carolina Cruz escreveu:
Tipo. porque isto deu uma grande reviravolta e eu amei Very Happy

QUERO MAIS RAPARIGA ^^

POSTA POSTA xD

Liebo'te páá =D

I love you I love you

Prontos que eu vou postar 2 capitulos agora .. : )
Olha .. Adiciona-te no Chat .. Para falarmos .. : )

_________________


**
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://meninakaulitz.hi5.com
Ashley Fucker.
Colaboradora Gráfica
avatar

Feminino Número de Mensagens : 202
Idade : 24
Localização : OurémCity.
Emprego/lazer : Passear livros num colégio de freiras.
Humor : Nem me fales, babe.
THperfect : Todos
Data de inscrição : 31/07/2008

MensagemAssunto: Re: Leb Die Sekunde ~Capítulo 21   Dom Ago 24, 2008 2:01 am

My small Bitchy , Martinha .. Aqui vão dois capitulos .. Agora quero ver a suua c/ mais capitulos ..
[ Obrigado, Carolina]


Capitulo 12


Passou-se algum tempo desde que o Bill e a Kathy começaram a namorar. Eu e o Tom já tínhamos conseguido mudar bastante aqueles dois. Deixaram as noitadas, deixaram o sexo todos os dias, largaram a droga. A minha Kathy voltou a confiar em mim e o Bill voltou a confiar no Tom. Estava quase tudo bem de novo. Pelo menos com a minha minha irmã. O meu Bill continuava com anorexia, mas agora, eu não o podia ajudar, já não tinha qualquer tipo de ligação com ele sem ser amizade. Ele namorava com a minha irmã, e pelo que parecia, amavam-se e aquilo que ele disse nunca amei ninguém como amo a Kathy, era verdade. Todas as noites, quando me deitava ao lado do Tom, apenas pensava nos poucos momentos bons que tive com o Bill, lembrava-me especialmente da noite do meu aniversário e do dia que se seguiu. Lembro-me que ficamos até às 18h da tarde na cama, e que depois fomos tomar banho juntos, éramos tão felizes. Aí eu tinha a certeza, eu amo-o e ele ama-me. Aí eu achava que ficaríamos juntos eternamente. Aí ele me jurou amor para a vida e para depois da vida. Era tão feliz com ele. Ele. Ele. Ele. Ele é o meu tudo. Ele é ele. É a minha vida. Amo-o para sempre. Por muito que seja feliz com o Tom, continua a ser com ele que eu quero construir uma vida, continua a ser com ele que eu sonho todas as noites, continua a ser ELE o meu Homem, o meu Ouriço!
Kathy – Aiiii mana, eu sou tão feliz com o Bill! A sério! Mas tu tens a certeza que já o esqueces-te?! Eu estou aqui a falar nele e tu…Tu estás triste, estás estranha!
Anny – Kathy, eu já esqueci o Bill! O que tive com ele é passado, ele já não me é nada, é apenas e só o meu cunhado! Eu sou feliz com o Tom. Amo o Tom. Não o Bill!
Kathy – Obrigado, mana! Aquele rapaz é tão, OH MEIN GOTT, ele é perfeito!
Anny – Pois Kathy, ele é perfeito, eu sei. Mas não te esqueças que o tens que apoiar, eu não digo que não o faças, mas tu pensas demais no que sentes por ele, e pensar demais na felicidade dele, e fazes tudo o que ele quer, mas ele está doente, e está cada vez pior. E desculpa que te diga meu bem, mas tu não estás a ajudá-lo nada fazendo tudo o que ele quer!
Kathy – Cala-te, Anny! Neste momento, a única forma de eu ajudar o meu Ouriço é fazer tudo o que ele quiser!
Anny – Olha, faz o que achares melhor, mas depois não digas que eu não te avisei.
Eu já estava farta daquilo tudo. Eu tinha que dizer à minha irmã que já não amava o Bill. Isso deixava-me doida. Ela chamava-lhe o meu Ouriço, e para mim, a única pessoa que tem direito de lhe chamar isso, continuo a ser eu e mais ninguém. Que nervos! Eu amo a minha irmã, não vivo sem ela. Mas, como é que ela podia ser feliz com um rapaz por quem ela se apaixonou enquanto andava distante do mundo real, quando era viciada em drogas e álcool?! Como?! Eles não podiam ser felizes, não podiam!
Tom – Oh meninas, vamos para baixo, o jantar já está pronto!
Anny – Claro! Vamos já! Mas espera…Tom, foste tu que fizeste o jantar?
Tom – Fui! Duvidas?!
Anny – Kathy, leva o telemóvel para baixo que eu acho que hoje o jantar é pizza.
Tom – Que lata! Olha que o teu namorado cozinha muito bem.
Anny – Sim. Se fores como o teu irmão…Sim, optimamente bem!
Tom – Mazinha!
Kathy – Ela é mazinha mas tu gostas! Vou chamar o meu Bill!
Anny – Tom, eu não aguento mais. Eu quero dizer que continuo a amar o Bill, mas não consigo! A minha irmã, sem querer, está a destruir o rapaz que eu amo e pior, ela diz que o ama, mas eu sei que ela ainda não te esqueceu…Eu não quero perder o teu irmão e sei que tu também queres voltar a ser feliz com a minha irmã.
Tom – Vamos ter calma, Anny! Eu acho que o melhor a fazer é…
Anny – É…
Tom – Eu vou ter que falar com a Kathy, e tu com o Bill!


Capitulo 13

Acabei por concordar com a ideia do Tom. Costumam dizer que a melhor forma de resolver os problemas é enfrenta-los, então foi isso que nós fizemos. Ganhamos coragem e fomos falar com eles. Não sabia bem o que dizer ao Bill, mas, tentei, e segui em frente com a ideia do Tom. Se era a única solução, então era isso que eu fazia. Eu já estava para tudo. Estava mesmo desesperada.
Anny – Bill, eu preciso de falar contigo. É urgente.
Bill – Claro. Queres falar agora?!
Anny – Se puder ser agora, agradecia, sim!
Bill – Então vamos para o meu quarto. A Kathy está a falar com o Tom no jardim, por isso acho que não à muito problema!
Anny – Eu sei. Então vamos!
Chegamos ao quarto e eu só pensava, o que é que eu lhe digo?!, parecia uma menininha de 6 anos que ia entrar pela primeira vez na escola, estava cheia de dores de barriga, estava nervosa.
Bill – Então o que querias falar comigo?! Estou a ficar preocupado!
Anny – Preocupado porquê?!
Bill – Porque…Porque…Porque sei lá…
Anny – Okay ´! – Por momentos pensei que ele estivesse preocupado comigo. Era tão bom se fosse assim.
Anny – Bill, eu vou ser muito directa. Se calhar vou fazer porcaria por dizer isto assim, mas é o melhor que tenho a fazer.
Bill – Então vá…Fala…
Anny – Bill, eu amo-te, amo-te e sempre te vou amar. Gosto imenso do teu irmão, sinto um carinho muito especial por ele, mas não é quando estou com ele que sinto as ‘ borboletas na barriga ‘ , não é quando o beijo a ele que vou até às nuvens, é contigo Bill, é contigo. Eu sei que tu namoras com a minha irmã, mas eu não mando nos meus sentimentos, eu amo-te e não tenciono esquecer-te, porque por muito que eu tente, eu não consigo. És demasiado importante para mim. Amo-te!
Bill – Anny…Eu…Eu…Não sei…
Anny – Bill, não digas nada…Eu vou embora…Vamos esquecer que este conversa existiu. Desculpa! – Levantei-me, estava direccionada para a porta, já só a porta existia, queria sair dali o mais rapidamente possível. Tinha acabado de estragar qualquer possibilidade que houvesse para voltar para ele. Para o meu Ouriço.
Bill – Anny, espera!
Anny – O que é que foi?! Vais-me humilhar ainda mais?! É isso?! Não te chega já saberes que eu vou ser infeliz o resto da minha vida por não ficar contigo?!
Bill – Não sejas tonta. Eu só quero dizer que te amo. Que nunca te esqueci e que tudo o que disse é mentira. Eu amo-te. Jurei-te amor eterno quando começamos a namorar e é isso que eu quero que aconteça. Anny, queres voltar a namorar comigo?
Anny – Claro que sim, meu tonto! Amo-te! – Aproximei-me dele e abracei-o. – Mas vais ter que me prometer uma coisa…
Bill - Tudo o que tu quiseres, meu amor!
Anny – Menos trabalho, mais descanso, e vais começar a alimentar-te em condições. Sim, bebé?!
Bill – Sim. Sim. Sim. Por ti tudo, meu bem! AMO-TE , ANNY! Já tinha saudades de dizer isto!
Abracei-me a ele, beijei-o. Naquele momento só queria estar com ele! Voltei a ser feliz! E fiz o que o médico me pediu, Cuida bem deste rapaz!


Olhem meus amores, deixem aqui a Mariana feliz e comentem x3

_________________


**
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://meninakaulitz.hi5.com
Carolina Cruz

avatar

Feminino Número de Mensagens : 18
Idade : 23
THperfect : Tom Kaulitz
Data de inscrição : 03/08/2008

MensagemAssunto: Re: Leb Die Sekunde ~Capítulo 21   Qui Ago 28, 2008 10:07 pm

Pronto, que saudades que eu já tinha destas coisas amorosas Embarassed Embarassed Embarassed

Se postares mais, dou-te um rebuçado! Very Happy Very Happy

Beijinhos, Liebo'te <3'


ABRI-TE NOVA PÁGINAA, WEEEEE cheers
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Eva_Kaulitz

avatar

Feminino Número de Mensagens : 55
Idade : 23
Humor : por vezes bem disposta e por vezes com um humor que ninguem consegue aturar
THperfect : Tom Kaulitz
Data de inscrição : 29/08/2008

MensagemAssunto: Re: Leb Die Sekunde ~Capítulo 21   Sex Ago 29, 2008 6:56 pm

Oh... esta tao cutxi !!! quero mais Very Happy Like a Star @ heaven I love you
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://te-amuh.hi5.com
Ashley Fucker.
Colaboradora Gráfica
avatar

Feminino Número de Mensagens : 202
Idade : 24
Localização : OurémCity.
Emprego/lazer : Passear livros num colégio de freiras.
Humor : Nem me fales, babe.
THperfect : Todos
Data de inscrição : 31/07/2008

MensagemAssunto: Re: Leb Die Sekunde ~Capítulo 21   Sex Ago 29, 2008 7:35 pm

Eva_Kaulitz escreveu:
Oh... esta tao cutxi !!! quero mais Very Happy Like a Star @ heaven I love you

Obrigadoo . <3'

_________________


**
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://meninakaulitz.hi5.com
Ashley Fucker.
Colaboradora Gráfica
avatar

Feminino Número de Mensagens : 202
Idade : 24
Localização : OurémCity.
Emprego/lazer : Passear livros num colégio de freiras.
Humor : Nem me fales, babe.
THperfect : Todos
Data de inscrição : 31/07/2008

MensagemAssunto: Re: Leb Die Sekunde ~Capítulo 21   Seg Set 08, 2008 11:58 pm

Carolina Cruz escreveu:
Pronto, que saudades que eu já tinha destas coisas amorosas Embarassed Embarassed Embarassed

Se postares mais, dou-te um rebuçado! Very Happy Very Happy

Beijinhos, Liebo'te <3'


ABRI-TE NOVA PÁGINAA, WEEEEE cheers

AWWW! Eu quero mesmo o rebuçadoo!
Obrigado, liebe!

Liebo'te <3'
Küss *

_________________


**
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://meninakaulitz.hi5.com
Ashley Fucker.
Colaboradora Gráfica
avatar

Feminino Número de Mensagens : 202
Idade : 24
Localização : OurémCity.
Emprego/lazer : Passear livros num colégio de freiras.
Humor : Nem me fales, babe.
THperfect : Todos
Data de inscrição : 31/07/2008

MensagemAssunto: Re: Leb Die Sekunde ~Capítulo 21   Ter Set 09, 2008 12:02 am

Depois de tanto tempinho sem postar .. Aqui vai mais um capítulo !
Obrigado pelos coment'z minhas amoras <3'

Capitulo 14

Tom – Kathy, eu sei que tu não amas o meu irmão, eu tenho a certeza que tu ainda não me esqueceste. Eu amo-te, nunca te vou esquecer. Volta para mim, por favor!
Kathy – Tom, eu não sei. Eu gosto imenso do teu irmão, não o posso largar assim. Desculpa.
Tom – Neste momento, a Anny está a falar com o meu irmão, e está a dizer-lhe que o ama e por muito que tente não o consegue esquecer. Se tudo correr bem, eles vão voltar a ficar juntos. Porque é que nós não fazemos o mesmo?! Eu amo-te. E tu amas-me.
Kathy – Eu quero. Eu quero muito voltar para ti. Mas tenho medo. Tenho medo de te desiludir de novo. Tenho medo que tu voltas a deixar de confiar em mim. Não sei se estou preparada.
Tom – Eu compreendo. Mas, podemos pelo menos tentar?!
Kathy – Tom, deixa-me pensar. Prometo que não demoro a dar-te uma resposta. E em relação à conversa do Bill com a minha irmã. Mesmo que eles não se tenham entendido. Eu acabo tudo com o Bill. – Pegou na mão de Tom, deu-lhe um pequeno beijo no canto da boca, levantou-se e foi para dentro. Ela estava feliz por saber que ele ainda a amava, mas tinha medo de voltar a faze-lo sofrer como tinha feito à uns tempos atrás.
Anny – Bill, tinha tantas saudades tuas, meu Ouriço!
Bill – E eu tuas. Apesar de não o mostrar e de me ter transformado num puto parvo que não sabia o que queria, eu tinha saudades tuas. Amo-te!
Toc ´ Toc ´ Toc ´
Bill – Entre…
Kathy – Desculpem interromper…
Bill – Kathy, nós precisamos de falar, não penses que eu…
Kathy – Bill, não tens de me dar explicações…O Tom já me falou que a minha irmã estava a falar contigo. Eu sei que vocês se amam, fiquem juntos e sejam felizes. Peço novamente desculpa por ter interrompido, mas, mana, podemos falar…
Anny – Claro, meu bem! Bill, depois falamos sim?!
Bill – Claro, meu amor! Amo-te!
Anny – Também te amo! – Beijinho rápido – Kathy, vamos para o meu quarto!
Fomos até ao meu quarto, confesso que estava com medo, não sabia se ela me ia falar do Tom, ou se me ia dizer que estava desiludida com a minha atitude. Ela não me pareceu nada chateada com o facto de eu ter ido falar com o Bill, nem com o facto de nos termos beijado à frente dela, mas, não sei.
Kathy – Mana, estou a precisar de apoio…
Anny – Então?! É por causa da conversa com o Tom?!
Kathy – É. Eu amo-o. Ele é tudo para mim. Mas, eu com o tempo fui-me tornando num bicho-do-mato, sofri imenso com a perda da avó. E agora, apesar de ter vontade de ir ter com o Tom e ficar com ele para sempre, voltar a ser feliz ao lado dele, eu tenho medo de voltar a desiludi-lo. O que é que eu faço, liebe?!
Anny – Eu compreendo que estejas com medo. É normal. Mas não podes viver a tua vida toda em função dos teus medos, se não nunca serás feliz. Tens duas opções, ou vais a correr dizer ao Tom que o amas e que queres ficar com ele sem medos e sem receios do futuro, ou então espero mais um tempo, deixas que os teus medos passem, mas arriscas-te a que quando isso acontecer, o Tom já não te queira de volta. Eu não te quero assustar com isto. Quero-te fazer ver que a nossa vida não gira à volta dos nossos medos, e que o Tom não vai ficar eternamente à tua espera.
Kathy – Não sei o que dizer! Amo ouvir-te falar! Sabes sempre o que dizer! Vês porque é que eu te adoro… ?

Continua ..

_________________


**
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://meninakaulitz.hi5.com
Ashley Fucker.
Colaboradora Gráfica
avatar

Feminino Número de Mensagens : 202
Idade : 24
Localização : OurémCity.
Emprego/lazer : Passear livros num colégio de freiras.
Humor : Nem me fales, babe.
THperfect : Todos
Data de inscrição : 31/07/2008

MensagemAssunto: Re: Leb Die Sekunde ~Capítulo 21   Sex Set 12, 2008 8:03 pm

Andei um bocadinho distante desta FF aqui no fórum. E por isso, para vos compensar e para ficar +/- igual ao outro fórum, vou postar estes capitulo’zinhos todos.
[P.S. – Carrega no ‘ spoiler ‘ para veres os capítulos!
Danke ^^
Beijinho grande, minha’s amoras! <3’


Capítulo 15

Spoiler:
 


Capítulo 16

Spoiler:
 


Capítulo 17

Spoiler:
 


Capítulo 18

Spoiler:
 

_________________


**
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://meninakaulitz.hi5.com
Ashley Fucker.
Colaboradora Gráfica
avatar

Feminino Número de Mensagens : 202
Idade : 24
Localização : OurémCity.
Emprego/lazer : Passear livros num colégio de freiras.
Humor : Nem me fales, babe.
THperfect : Todos
Data de inscrição : 31/07/2008

MensagemAssunto: Re: Leb Die Sekunde ~Capítulo 21   Sex Set 12, 2008 8:04 pm

Capítulo 19

Spoiler:
 


Capítulo 20

Spoiler:
 


lol!

_________________


**
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://meninakaulitz.hi5.com
Emmy

avatar

Feminino Número de Mensagens : 68
Idade : 25
Localização : Ourém
Emprego/lazer : Estudante
THperfect : Tom Kaulitz
Data de inscrição : 31/07/2008

MensagemAssunto: Re: Leb Die Sekunde ~Capítulo 21   Sex Set 12, 2008 10:05 pm

lindo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Leb Die Sekunde ~Capítulo 21   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Leb Die Sekunde ~Capítulo 21
Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Tokio Hotel + :: Fãs :: FãFiction - 18-
Ir para: